Cresce número de bancos em dificuldades nos EUA

O número de bancos em dificuldades nos EUA está aumentando, mas a situação ainda não é igual aos problemas enfrentados no começo dos anos 1990, quando o país estava em recessão. Segundo a presidente do Federal Reserve (o Banco Central dos EUA) de Cleveland, Sandra Pianalto, a lista de bancos problemáticos vem crescendo desde 1999: passou de 79 para 136 no fim de 2002. Em 91, a lista tinha mais de mil instituições financeiras."Um dos barômetros que usamos para medir a saúde do sistema bancário como um todo se relaciona ao número de companhias bancárias em dificuldades e de falências de bancos. Neste momento, o barômetro está subindo", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.