José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Cresce número de famílias endividadas em abril, diz CNC

Porcentual sobe de 59,6% para 61,6%, segundo Confederação Nacional do Comércio

Vinicius Neder , Agência Estado

29 Abril 2015 | 11h30

 A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) de abrilmostrou aumento no total de famílias endividadas, anunciou há pouco aConfederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Oporcentual de famílias endividadas subiu para 61,6% em abril, ante 59,6% emmarço. Em relação a abril de 2014, houve queda, pois naquela ocasião oporcentual estava em 62,3%.A pesquisa da CNC leva em conta qualquer tipode dívida, mesmo as que estejam sendo pagas em dia. Segundo a Peic, a proporçãode famílias com dívidas ou contas em atraso aumentou em abril para 19,7%, ante17,9% em março.

Assim como no endividamento total, o dado deinadimplência foi melhor na comparação com abril de 2014. Ano passado, 21,0% dasfamílias entrevistadas estavam com dívidas ou contas em atraso.

Já oporcentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas oudívidas em atraso - que tendem a permanecer inadimplentes, segundo a CNC -aumentou na comparação mensal, mas permaneceu estável na comparação anual,alcançando 6,9% em abril de 2015, ante 6,2% em março de 2015 e 6,9% em abril de2014.

"Fatores sazonais relacionados ao maior comprometimento da rendadas famílias com gastos extras de início de ano continuaram influenciado osresultados da Peic", explicaram os economistas da CNC em nota distribuída àimprensa. "A moderação do crescimento do crédito para as famílias continuapermitindo patamares menores de endividamento e inadimplência este ano, emrelação ao ano passado. Contudo, a alta do custo do crédito, combinada com umcenário menos favorável no mercado de trabalho, levaram a uma piora na percepçãodas famílias em relação ao endividamento e à capacidade de pagar as contas ematraso", diz a nota.

Mais conteúdo sobre:
endividamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.