coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

''''Cresce risco de apagão no próximo ano''''

O risco de racionamento de energia elétrica no Brasil já em 2008 aumentou, conforme estudo divulgado pelo Instituto Acende Brasil. A entidade, criada para fazer o acompanhamento do setor elétrico brasileiro, é mantida por grandes empresas do setor, incluindo geradoras, distribuidoras e empresas de transmissão. ''''Tudo vai depender de São Pedro. Se as chuvas do próximo verão forem favoráveis, não teremos problemas. Se for um período de seca, há riscos de faltar energia já no ano que vem'''', resumiu o especialista Mário Veiga, da PSR Consultoria, responsável pelo estudo.O trabalho estima o ''''risco de déficit'''' em 9% para 2008, quase dobrando os dados divulgados em julho pela mesma entidade, que previa 5%. Para 2009, o risco subiu de 6,5% para 8%, mas houve melhoria nas estimativas para 2010 (de 11,6% para 8%) e 2011 (de 28% para 14%). As estimativas da PSR estão acima dos níveis considerados aceitáveis pelo governo, que fixa o máximo em 5%.

Alaor Barbosa, O Estadao de S.Paulo

23 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.