finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cresce uso de pré-datado para material de construção

As transações com cheques pré-datados no segmento de materiais de construção cresceram 8,09% nos sete primeiros meses do ano se comparado a igual período de 2006, segundo levantamento da Telecheque. De acordo com o estudo, o valor médio dos cheques emitidos nesse segmento registrou alta de 15,69% de janeiro a julho de 2007 ante o mesmo período do ano passado. Em 2006, a média era de R$ 222,99, enquanto nos sete primeiros meses deste ano a média ficou em R$ 257,98. "O cheque se apresenta como um dos meios menos burocráticos e mais flexíveis para investimentos programados a longo prazo", afirma José Antônio Praxedes Neto, vice-presidente da Telecheque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.