Crescimento da economia continua sofrível, avalia Fiesp

Diretor da Federação lembra que o cenário é negativo para o crescimento do PIB nos próximos trimestres por conta da falta de investimentos

Gustavo Porto e Renan Carreira, da Agência Estado,

30 de novembro de 2012 | 09h32

SÃO PAULO - O diretor do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Roberto Giannetti da Fonseca, afirmou há pouco à Agência Estado, que a alta de 0,6% no Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre, ante o segundo trimestre, e de 0,9%, sobre igual período de 2011 "mostra que o crescimento continua sofrível" no País.

Giannetti lembra que o cenário é negativo para o crescimento do PIB nos próximos trimestres por conta da falta de investimentos, refletida no recuo da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, de 2% no terceiro trimestre ante o segundo trimestre e de 5,6% sobre igual trimestre do ano passado. "Sem investimento não tem produção", afirmou. 

Tudo o que sabemos sobre:
PIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.