Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Crescimento do lucro de bancos chineses irá desacelerar, diz associação

O crescimento do lucro anual dos bancos chineses pode desacelerar para 9 por cento em 2014 à medida que eles enfrentam um aumento na liquidez e nos riscos de empréstimos, disse a associação do setor bancário em um relatório.

REUTERS

30 de junho de 2014 | 09h15

Receios sobre o enorme crescimento da dívida corporativa chinesa desde a crise financeira global se intensificaram neste ano, e o risco de calotes subiu. O movimento tem como pano de fundo a desaceleração econômica e a permissão das autoridades para que os mercados tenham um papel maior em determinar vencedores e perdedores.

"Instituições financeiras bancárias enfrentam desafios com uma maior volatilidade da liquidez de curto prazo e com riscos de crédito em alta devido ao impacto da desaceleração econômica, ajustes estruturais e esforços para reduzir o excesso de capacidade", disse a Associação Bancária da China no relatório.

"Os riscos de mercado vão subir junto com a liberalização da taxa de juros, maior flexibilidade cambial e fluxos de capital mais frequentes, mas não haverá uma eclosão em larga escala de riscos de liquidez."

Os bancos comerciais somaram 1,42 trilhão de iuanes (228,9 bilhões de dólares) de lucro líquido em 2013, uma alta de 14,5 por cento ante 2012, segundo a associação. No entanto, a taxa de crescimento pode desacelerar para cerca de 9 por cento neste ano.

(Por Kevin Yao)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSCHINALUCRODESACELERACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.