Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
EFE
EFE

Crescimento do PIB do Japão no 4º tri é revisado para 1,5%

Em termos anualizados, economia japonesa se expandiu abaixo dos 2,2% esperados pelo mercado

STANLEY WHITE, REUTERS

09 de março de 2015 | 08h41

A economia do Japão cresceu muito menos do que o informado inicialmente no quarto trimestre, com menores gastos de capital, em um sinal preocupante de que a recuperação dos gastos do consumidor não está encorajando o investimento empresarial.

Os dados revisados do quarto trimestre somam-se a uma série de indicadores mistos divulgados nos últimos meses que destacam a fragilidade da recuperação após uma recessão. Segundo analistas, isso pode pressionar o banco central a adotar novo estímulo ainda neste ano para cumprir sua meta de inflação e rebater anos de queda dos preços.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão cresceu 1,5% em termos anualizados no quarto trimestre, segundo dados publicados nesta segunda-feira, 9, pelo Escritório do Gabinete, ante preliminar de 2,2% e abaixo da expectativa de expansão de 2,2%.

Os gastos dos consumidores no quarto trimestre foram revisados para cima, mostrando que partes da economia estão melhorando. Entretanto, gastos de capital fracos sugerem que a combinação de expansão fiscal e monetária e reformas estruturais até agora não foi bem-sucedida em gerar um ciclo virtuoso de consumo mais alto estimulando lucros corporativos, crescimento salarial e investimentos empresariais.

"Um motivo para o investimento decepcionante é a mudança na produção externa que tem acontecido nos últimos anos", disse Norio Miyagawa, economista sênior do Mizuho Securities.

"Ainda espero que a economia continue crescendo, mas o ciclo econômico virtuoso de que as autoridades têm falado ainda não aconteceu."

Na comparação trimestral, a economia expandiu 0,4% no quarto trimestre, ante preliminar de 0,6% e expectativa de crescimento de 0,6%.

Os gastos de capital caíram 0,1% ante o trimestre anterior, contra aumento de 0,1% na leitura preliminar e abaixo da previsão de expansão de 0,3%.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.