Crescimento do Reino Unido é o menor desde 1992

A economia do Reino Unido cresceu no primeiro trimestre no ritmo mais lento desde 1992. A Agência Nacional de Estatísticas informou que os dados finais do PIB foram revisados em baixa, indicando que a economia cresceu apenas 0,1% no primeiro trimestre, ante o quarto trimestre do ano. Em relação aos três primeiros meses de 2002, a expansão foi de 2,1%. A estimativa anterior da agência havia apontado crescimento de 0,2% no trimestre e uma taxa anualizada de 2,2%. Os economistas, por sua vez, previam que os dados finais confirmassem essa estimativa anterior. Os estatísticos afirmaram que a revisão em baixa foi motivada pela produção mais fraca do setor de construção. A produção contraiu-se 1,9% no primeiro trimestre, ao contrário da expansão de 2,1% apontada anteriormente. Os dados deverão dar mais subsídios para que o Banco da Inglaterra promova uma redução das taxas básicas de juros em seu encontro para discutir política monetária dentro de duas semanas. PIB da França cresce 0,3%Já a economia francesa registrou expansão moderada no primeiro trimestre do ano, segundo dados divulgados pelo instituto de estatísticas do governo Insee. Segundo o instituto, o PIB cresceu 0,3% no primeiro trimestre frente ao quarto trimestre do ano passado, quando foi registrada contração de 0,1%.A taxa de desemprego do país manteve-se em 9,3% em maio, mesmo nível de abril, informou o Ministério do Trabalho. Em relação a maio do ano passado, a taxa subiu 0,4 ponto percentual. O número de desempregados cresceu 9 mil, para 2,521 milhões. Economistas esperavam alta para 9,4% na taxa de desemprego e elevação de 10 a 15 mil no número de desempregados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.