Criação de empregos formais é recorde no quadrimestre

O Brasil criou 848.962 novos postosde trabalho com carteira assinada nos primeiros quatro meses de2008, valor recorde que representa um aumento de 2,93 por centosobre igual período do ano passado, informou o Ministério doTrabalho nesta segunda-feira. O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)mostrou que apenas no mês de abril o aumento dos empregos foide 1 por cento sobre março, totalizando 294.522 postos. Foi o segundo melhor resultado mensal da série histórica,ficando atrás apenas de abril de 2007. O resultado reforça a previsão de que o ano se encerrarácom criação recorde de empregos, em cerca de 1,8 milhão devagas, alta de 6 por cento. "Tal comportamento pode ser creditado à presença de fatoressazonais relacionados à cadeia produtiva da agroindústria,potencializado pelo dinamismo do setor de Serviços e daConstrução civil", disse o ministério em nota. O emprego no setor de Serviços subiu 0,84 por cento no mês,gerando um número recorde para o período de 97.426 vagas.Também foi recorde o número de postos criados pela Construçãocivil, de 32.071. A Indústria de Transformação e o Comércio tiveram ossegundos melhores resultados para o mês da série. O setor Agrícola também se destacou, com aumento do empregoem abril de 2,5 por cento e 38.627 novas vagas, em razão dasafra da cana-de-açúcar. (Texto de Vanessa Stelzer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.