Criação de vagas aumenta nos EUA e taxa de desemprego cai a 5,8%

O emprego nos Estados Unidos cresceu a um ritmo razoavelmente rápido em outubro e a taxa de desemprego caiu para uma nova mínima de seis anos a 5,8 por cento, salientando a resiliência da economia diante da demanda global em desaceleração.

LUCIA MUTIKANI, REUTERS

07 de novembro de 2014 | 11h45

Os empregadores criaram 214 mil novos empregos no mês passado, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. A taxa de desemprego caiu a 5,8 por cento ante 5,9 por cento, mesmo conforme mais pessoas ingressaram na força de trabalho, um sinal da força no mercado de trabalho.

Os dados para agosto e setembro foram revisados para mostrar a criação de 31 mil empregos a mais do que divulgado anteriormente.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAEMPREGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.