Criação de vagas formais recua 23,6% no ano

No mês passado, apenas dois de oito setores de atividade apresentaram aumento de vagas: comércio e serviços

Anne Warth, da Agência Estado, Agencia Estado

19 de dezembro de 2012 | 14h57

O total de empregos formais criados neste ano somou 1,77 milhão de vagas no acumulado deste ano até novembro. Na comparação com mesmo período de 2011, o dado registra queda de 23,6% (2,32 milhões). Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta sexta-feira, 19, pelo pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

No mês passado, o saldo de vagas ficou em 46.095 - resultado de admissões de 1.624.306 empregados com carteira assinada e desligamentos de 1.578.211 pessoas no período. Em outubro deste ano, o saldo líquido havia sido de 66.988, sem ajustes.

Novembro

Apenas dois de oito setores de atividade apresentaram aumento de vagas formais de trabalho em novembro: Comércio, com criação de 109.617 postos de trabalho, e Serviços, com 41.538.

Os demais registraram retração de vagas. O que mais encolheu no mês passado foi a Construção Civil, com o fechamento de 41.567 vagas. A Agricultura fechou 32.733 postos no período. Já a Indústria de Transformação fechou 26.110 vagas.

A Administração Pública perdeu 2.615 postos. No caso de Serviços Industriais de Utilidade Pública, o fechamento foi de 1.811 vagas, e no de Extrativa Mineral, de 224 empregos.

Regiões

A Região Sul foi a responsável pela criação do maior número de postos de trabalho no mês de novembro, com 29.562 vagas. A Região Sudeste criou 17.946 postos de trabalho, seguida de perto pelo Nordeste, com 17.067 vagas. Já a Região Centro-Oeste registrou o fechamento de 14.820 postos de trabalho, enquanto a Região Norte encerrou o mês de novembro com 3.660 vagas fechadas.

Entre os Estados, o destaque positivo ficou com o Rio Grande do Sul, que criou 15.759 postos de trabalho; Rio de Janeiro, com 13.233; Santa Catarina, com 8.046; São Paulo, com 7.203; Paraná, com 5.757; e Bahia, com 5.695. Os Estados que fecharam maior quantidade de vagas no mês passado foram Goiás, com 8.649; Mato Grosso, com 5.910; e Minas Gerais, com 4.435.

Tudo o que sabemos sobre:
trabalhoCagednovembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.