Criador do Netscape diz não ter interesse na presidência do Yahoo

O empresário do setor de investimento de risco Marc Andreessen - um dos criadores do navegador Netscape -, disse que não está interessado em se tornar presidente do Yahoo, cujas dificuldades para concorrer com rivais como o Google e o Facebook estão forçando a empresa a estudar propostas de reforma de seus negócios.

O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2011 | 03h05

O Yahoo demitiu a presidente Carol Bartz em setembro, e seu conselho iniciou uma revisão estratégia sobre a empresa. A Andreessen Horowitz, companhia de capital para investimentos de risco cofundada por Andreessen, formou parceria com o grupo de investimentos Silver Lake e a Microsoft para tentar adquirir uma participação minoritária no Yahoo, informou uma fonte próxima do assunto.

Em mensagem em seu blog, porém, Andreessen refutou reportagens de que ele, ou seu sócio Jeff Jordan, poderia ocupar a presidência do Yahoo como parte da transação. "Quero ser cristalinamente claro: nem Jeff, nem eu, e nem qualquer dos demais sócios da Andreessen Horowitz está disputando, ou aceitaria, qualquer posto operacional no Yahoo, incluindo o de presidente, presidente interino, presidente do conselho ou presidente executivo do conselho."

Marc Andreessen é considerado uma das figuras mais influentes no mundo da tecnologia. No momento, ele faz parte dos conselhos do Facebook e da HP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.