Crise argentina não chegará ao Brasil, diz Schroder

O chanceler alemão Gerard Schröder afirmou hoje, em São Bernardo do Campo, que "as crises atuais" dos países vizinhos ao Brasil, principalmente a Argentina, não chegarão até aqui. "O fato de um dos carros mais modernos do grupo Volkswagen está sendo feito aqui é sinal de que crises em outros países da América Latina não chegarão ao Brasil" disse Schröder ao inaugurar a linha de montagem do novo VW Polo, na fábrica da Volks na Via Anchieta. O chanceler está em visita oficial de dois dias ao Brasil e amanhã estará em Brasilia.O Schröder disse ainda que a visita oficial, da qual fazem parte 30 empresários alemães, tem como objetivo, "estreitar ainda mais as relações entre o Brasil e Alemanha, o Mercosul e a União Européia", além de intensificar o intercâmbio comercial entre os dois países e os blocos economicos dos quais fazem parte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.