finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Crise automotiva é igual em toda AL, dizem metalúrgicos

O setor automotivo vive uma crise em praticamente toda a América Latina, com baixas vendas, produção em queda e fábricas ociosas, por conta do ambiente recessivo que afeta os países da região e o comércio mundial. O diagnóstico foi elaborado por metalúrgicos do México, Venezuela, Argentina, Uruguai, Colômbia, Chile e Brasil reunidos na "Conferência Latino-Americana da Federação Internacional dos Trabalhadores em Indústrias Metalúrgicas (Fitim)", encerrada hoje em São Paulo.Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Valter Sanches, os metalúrgicos latino-americanos mostraram-se "muito insatisfeitos" com as negociações em torno da criação da Área de Livre Comércio das Américas (Alca), especialmente em relação à postura dos Estados Unidos nas negociações, considerada "impositiva"."Decidimos nos aliar com os metalúrgicos dos Estados Unidos e Canadá para participarmos mais ativamente das negociações. Além de serem filiados à Fitim, os norte-americanos e canadenses também estão preocupados com a criação da Alca", contou. Os metalúrgicos decidiram também estimular a formação de comitês para discutir investimentos mundiais das montadores, a exemplo do que acontece hoje apenas na Volkswagen e na DaimlerChrysler.Sanches comentou ainda o interesse manifestado pelos metalúrgicos mexicanos e colombianos sobre o processo de debate das reformas sindical e trabalhista conduzidas pelo governo Luiz Inácio Lula da Silva. Isso porque México e Colômbia passam pelo mesmo problema de reforma da legislação trabalhista. O interesse maior recai sobre a formação de fóruns tripartites (governo, empresários e trabalhadores), já que nestes países as reformas têm sido debatidas apenas no Parlamento.

Agencia Estado,

11 de setembro de 2003 | 15h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.