finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Crise da Europa poderá aumentar exportações brasileiras

O pesquisador no Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica (INRA Institut National de la Recherche Agronomique), Jean-Pierre Bertrand, afirmou à Agência Estado que a produção agrícola européia sofreu muito com o forte verão e deverá certamente aumentar as importações, principalmente de grãos e carnes em geral, o que dará ao Brasil a oportunidade de aumentar suas exportações agrícolas em direção da União Européia (UE). Porém, ele acrescenta que o País estará concorrendo com outros dois parceiros comerciais: a Argentina e os Estados Unidos.Isso acontecerá independentemente da estagnação do consumo interno dentro da zona euro, segundo Bertrand, que também é professor do Instituto de Altos Estudos Latino Americanos (IHEAL - Institut des Hautes Etudes de l´Amérique Latine, Université de Paris la Sorbonne III). De acordo com o pesquisador, a "Europa, e principalmente a França, terão grandes dificuldades para suprir as necessidades de oleaginosos e de plantas forrageiras (feno) este ano, por causa da seca e do calor no cotinente dos últimos meses".Para Bertrand, "a Europa vive um período de queda geral nas colheitas de grãos por causa das condições climáticas e na maior parte dos casos, os agricultores não serão capazes de atender a demanda de plantas forrageiras para a alimentação animal, por exemplo". Os pecuaristas já estão começando a utilizar os estoques de feno que são normalmente usados durante o inverno, ressalta.?Este fato poderá ser benéfico para as exportações brasileiras. O País poderá continuar a desenvolver um mercado no qual ele já está bastante presente na Europa?, afirma Bertrand, referindo-se aos produtos oleaginosos e principalmente, a soja. NúmerosEm agosto, o aumento da participação européia na balança brasileira foi tímido: A UE contribuiu com 12,9% dos 85,9% de acréscimo constatado nas vendas externas nacionais e dos 10 principais clientes, apenas a Espanha aparece como um país membro da UE. A agropecuária confirmou, mais uma vez, sua importância para as contas externas do País em agosto, segundo os últimos dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), contabilizando embarques de US$ 3,041 bilhões, um recorde histórico para os meses de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.