finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Crise de crédito é maior ameaça econômica para EUA

O risco de um calote maciço noscréditos de alto risco do setor imobiliário e o forte volume dedívidas representam neste momento uma ameaça ao desenvolvimentoeconômico dos Estados Unidos maior do que o terrorismo, segundopesquisa feita com economistas norte-americanos divulgada nestasegunda-feira. "A ameaça combinada de calote nos empréstimos de alto riscoe o excessivo endividamento superaram o terrorismo e o OrienteMédio como a maior ameaça de curto prazo para a economia dosEUA", afirmou a Associação Nacional de Economia para Negócios. A conclusão foi baseada em uma pesquisa com 258 membros daassociação, feita entre os dias 24 de julho e 14 de agosto. Olevantamento é uma atualização da pesquisa feita em março. Apenas 20 por cento dos membros da associação disseram queo terrorismo era a principal preocupação neste momento,comparado a 35 por cento em março. "Enquanto isso, 18 por cento dos entrevistados apontaram osefeitos do fiasco dos créditos de alto risco como a maiorpreocupação e a questão do execessivo endividamento doscidadãos ou empresas foi mencionado por outros 14 por cento",informou a associação. Mesmo como toda essa preocupação sobre as condições atuaisdo mercado hipotecário, os integrantes da associação continuamotimistas em relação às perspectivas de longo prazo para osetor imobiliário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.