Crise de empresas aéreas dos EUA atinge Embraer

O jornal britânico ?Financial Times? publica nesta sexta-feira uma reportagem em que diz que problemas financeiros das principais empresas aéreas americanas estão resultando em cortes de encomendas que afetam as duas maiores fabricantes de jatos regionais: a Bombardier, do Canadá, e a Embraer, do Brasil. egundo o jornal, as duas empresas foram afetadas especialmente pelo segundo pedido de concordata em dois anos da US Airways, mas também estão sofrendo com as dificuldades da Delta Airlines e da American Airlines.O ?Financial Times? afirma que nesta semana a Embraer foi forçada a cortar as entregas previstas para 2004 (de 160 para 145) e para 2005 (de 170 para 145). O corte nas futuras entregas da Embraer ocorreu duas semanas depois que sua grande rival, a Bombardier, anunciou a demissão de 2 mil funcionários.O jornal prevê que a Embraer ainda vai enfrentar mais problemas, já que a American Airlines disse que pode ter que devolver alguns aviões se eles se mostrarem em número maior do que o necessário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.