Crise derruba confiança na América Latina, diz pesquisa

ICE da região, elaborado pela FGV, atingiu 2,9 pontos em janeiro, o menor nível da série histórica iniciada em 90

REUTERS

18 de fevereiro de 2009 | 08h20

A avaliação sobre a situação econômica corrente e as perspectivas para os próximos meses na América Latina sofreu um forte baque no início deste ano, mostrou pesquisa divulgada nesta quarta-feira.   Veja também: PIB de Taiwan cai 8,36% e país entra em recessão ING tem prejuízo de 729 milhões de euros em 2008 De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à criseO Índice de Clima Econômico (ICE) da região, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas e o instituto alemão Ifo, atingiu 2,9 pontos em janeiro, o menor nível da série histórica iniciada em janeiro de 1990, informou a FGV em comunicado. Na comparação com o levantamento anterior, feita em outubro de 2008, houve uma piora "acentuada" das avaliações sobre a situação presente e futura. A pesquisa para elaboração do ICE é feita trimestralmente com especialistas nas economias dos países pesquisados. Em janeiro, foram consultados 137 especialistas em 16 países.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFGVCONFIANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.