Crise derruba o consumo de energia em 3,1%

O consumo de energia brasileiro foi afetado pela crise econômica e caiu 3,1% em dezembro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Trata-se da segunda queda consecutiva e, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), reflete a redução da atividade industrial, com paradas para manutenção em alguns setores e férias coletivas em outros.No acumulado de 2008, o consumo ainda obteve alta de 2,8%, impulsionada pelo bom desempenho nos meses anteriores à crise. "Os segmentos industriais de siderurgia, ferro-ligas, extrativa e as montadoras de veículos são os que têm se mostrado mais propensos às reduções da demanda de energia junto às empresas do setor elétrico ", diz o Boletim de Carga Mensal de dezembro do ONS. Na comparação com novembro, a queda no consumo de energia é maior: 5,6%.Segundo o ONS, o Sistema Interligado Nacional movimentou em dezembro 49,428 mil megawatts (MW) médios, o menor valor desde agosto de 2007. As regiões Sudeste e Centro-Oeste (que fazem parte de um único subsistema) foram as mais afetadas em dezembro, com queda de 5,1% no consumo, na comparação com o mesmo mês de 2007. Pelo mesmo motivo, houve queda de 1,7% no consumo de energia da região Nordeste. Já o consumo na região Sul aumentou apenas 0,2%. Único subsistema a escapar dos efeitos da crise sobre o consumo de energia, a região Norte apresentou crescimento de 3,7%, uma vez que os consumidores eletrointensivos ali instalados não reduziram substancialmente suas atividades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.