finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Crise do crédito não deve afetar o Japão, diz ministro

O novo ministro dos Bancos do Japão, Yoshimi Watanabe, afirmou que as questões das hipotecas de alto risco dos EUA não devem afetar a estabilidade do sistema financeiro japonês. "Não há como (a questão) causar problemas para o sistema financeiro japonês", disse Watanabe, durante coletiva de imprensa, após ser nomeado para o cargo. "Tendo dito isto, as medidas tomadas até agora pelos bancos centrais de todo o mundo não lidaram com a causa principal da questão. Portanto, eu vou monitorar de perto a situação", acrescentou.O ministro afirmou que quer que o Banco do Japão (BOJ) monitore os efeitos dos problemas do crédito imobiliário de alto risco nas taxas de câmbio e seu impacto na economia como um todo. "Se as taxas de câmbio oscilarem violentamente como resultado do problema, isso afetará a economia real. Eu quero que o BOJ compartilhe a mesma sensação (de vigilância) com o governo sobre a questão", concluiu Watanabe. As informações são da Dow Jones.

CAROLINA RUHMAN, Agencia Estado

27 de agosto de 2007 | 08h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.