Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Crise reduz em US$ 227 bi valor de empresas brasileiras

Valor de mercado das 400 empresas na Bovespa caiu de US$ 1 tri para US$ 772,8 bi.

Adriana Stock, BBC

17 de agosto de 2007 | 19h38

Em uma semana de turbulência no mercado financeiro, as empresas brasileiras perderam US$ 227,2 bilhões em valor de mercado, segundo cálculo da consultoria Economática, em Nova York.De acordo com a consultoria, as 400 empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tinham US$ 1 trilhão em valor de mercado no dia 10 de agosto. Nesta sexta-feira, o valor era de US$ 772,8 bilhões.No México, as companhias listadas na bolsa viram seu valor de mercado cair de US$ 428 bilhões para US$ 374 bilhões - US$ 54 bilhões "viraram pó", no jargão financeiro.As empresas argentinas também sofreram perdas no valor de mercado de US$ 80,5 bilhões para US$ 73,1 bilhões. Uma diferença de US$ 7,4 bilhões.As bolsas de valores sofreram o impacto da crise de crédito no mercado imobiliário americano. Com falta de liquidez, os investidores estão saindo de posições consideradas de maior risco, entre elas, os ativos de mercados emergentes.A alta de 1,13% do Ibovespa nesta sexta-feira, para 48.558 pontos, não foi suficiente para reverter o cenário negativo para as companhias. Na semana, o indicador acumulava uma queda de 7,75%.Os principais indicadores de Nova York também quebraram uma seqüência de seis dias consecutivos de baixa.O índice Dow Jones Industrial subiu 1,82%. O Standard & Poor''s 500 avançou 2,46% e o indicador das empresas de tecnologia Nasdaq registrou alta de 2,2%.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadosbovespabrasilempresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.