Cristina: PIB argentino cresceu 9,6% em novembro

A presidente da Argentina Cristina Fernández de Kirchner anunciou ontem que o Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todas as riquezas de uma nação) argentino cresceu 9,6% em novembro do ano passado em relação ao mesmo mês de 2006. A produção industrial, segundo a presidente, aumentou 9,9% em dezembro de 2007."Estes números, junto com outros índices, mostram que o país está em crescimento", ufanou-se. Cristina fez o anúncio durante a cerimônia de assinatura do contrato para a construção da linha para trens de alta velocidade. A linha ligará a capital argentina com Córdoba e Rosario, respectivamente, a segunda e terceira maiores cidades do país.A presidente também afirmou que as reservas do Banco Central da Argentina bateram recordes históricos ao superar a faixa de US$ 47 bilhões.As previsões dos economistas há poucas semanas indicavam que o PIB argentino havia crescido 8,5% em 2007. Mas, após o anúncio da presidente começaram especulações sobre um eventual nível em dezembro similar ao de novembro. Se isso ocorrer, o crescimento do PIB em 2007 poderia ser de 9%, afirmam.Desta forma, a Argentina completou cinco anos consecutivos de elevado crescimento econômico. Desde 2003, quando o país saiu da crise, cresceu quase 9% em média por ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.