Cristina prevê inflação de 'apenas' 10%

O governo da presidente Cristina Kirchner apresentou ontem o projeto de orçamento para o ano prevendo uma inflação de apenas 10,8%. A meta do governo é bem inferior aos cálculos dos analistas independentes, empresários, associações de defesa do consumidor e sindicatos, que estimam uma taxa superior a 25%.

BUENOS AIRES, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2012 | 03h06

O dólar oficial ficaria em 5,10 pesos. Mas a moeda no paralelo já está em 6,30. O projeto de orçamento indica ainda que o PIB cresceria 4,4%. Neste ano, a Argentina perdeu pela primeira vez em décadas o segundo posto do PIB na região para a Colômbia. / ARIEL PALACIOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.