Cristovam confirma Kirchner e Lula em reunião na terça

O senador Cristovam Buarque (PT-DF) confirmou a reunião entre os governos brasileiro e argentino na próxima terça-feira, em Brasília. Em visita a Buenos Aires, hoje, ele ouviu de seus interlocutores, que o vice-presidente da Argentina e presidente do Senado, Daniel Scioli, e o presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, senador Ramón Puerta, também participarão da reunião entre os presidentes Néstor Kirchner e Luiz Inácio Lula da Silva. O senador brasileiro disse ter sido recebido muito bem pelos senadores argentinos e que os mesmos demonstraram "entusiasmo" com o convite feito para a visita ao Brasil. Sobre o conflito entre ambos países por causa da reivindicação brasileira de ocupar um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, o senador considerou ser "natural". Ele defendeu a proposta do Brasil mas afirmou que falta argumentar com a Argentina de que a mesma será favorável para todos os países da região. "Com certeza não mostramos isso com clareza" ao governo argentino, opinou. Buarque considera que o governo argentino não está enxergando as vantagens que o país terá se o Brasil ocupar um assento permanente no Conselho de Segurança. Um exemplo dado é o apoio do Brasil na reivindicação da Argentina sobre a soberania das Ilhas Malvinas. Para Buarque, se o governo argentino não apoiar o Brasil "não vale a pena perder a amizade da Argentina por causa de uma cadeira em um organismo internacional".

Agencia Estado,

06 Maio 2005 | 18h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.