Fabio Motta/ Estadão
Fabio Motta/ Estadão

Crivella pediu recursos para pagar 13º de servidores, diz Bolsonaro

Segundo o presidente, prefeito do Rio 'foi atrás de ministérios, da Caixa'; governadores tentam antecipar repasse de bônus

Mateus Vargas, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2019 | 10h15

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira, 11, que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), pediu recursos para pagar 13º salário de servidores em reunião na terça no Palácio do Planalto

"Está com a corda no pescoço, como um montão de prefeitos, governadores. Está buscando recursos para pagar o 13º. Se por possível e legal, nós vamos atendê-lo", disse Bolsonaro.

Questionado se a União antecipará bônus de assinatura pelo leilão do pré-sal, Bolsonaro disse que "tem várias coisas em jogo". "(Crivella) Foi atrás de ministérios, da Caixa. Está correndo atrás aí", afirmou.

O Estado revelou que governadores pediram a Bolsonaro antecipação desse bônus para aliviar as contas no fim de ano e quitar o 13º salário de servidores.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), também pediu ao Planalto a antecipação do bônus em reunião na terça. "Se eu atender esse pessoal todo, eu não trabalho. O Leite passou por mim rapidamente, deu um abraço, tirou uma foto. E foi à luta", disse Bolsonaro. "Olha o sufoco que está o Brasil. Se não faz a reforma da Previdência, o Brasil quebra", declarou o presidente. 

Procurada para comentar as declarações de Bolsonaro, a Prefeitura do Rio se limitou a dizer que "o prefeito foi a Brasília e está empenhado em buscar recursos necessários ao município".

Atualmente, Crivella enfrenta uma grave crise na área de saúde. Servidores estão paralisados e diversas unidades estão sem funcionar. Os funcionários alegam que, por causa da falta de pagamentos - os salários estão atrasados em dois meses -, a manutenção do trabalho é inviável. / COLABOROU CAIO SARTORI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.