Antonio Bronic/Reuters
Antonio Bronic/Reuters

Croácia é o 20º país a integrar a zona do Euro

O país precisou passar por uma aprovação dos membros do bloco e passará a utilizar o Euro como moeda no início de 2023

André Marinho, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2022 | 10h25

O Conselho Europeu aprovou formalmente, nesta terça-feira, o ingresso da Croácia na zona do euro no ano que vem. Com a decisão, o país se tornará o 20° integrante da união monetária em 1 de janeiro de 2023, após ter implementado uma série de reformas para fortalecer a economia.

A moeda comum europeia será introduzida a partir de uma taxa de conversão de 7,53450 kunas croatas para um euro. 

A entrada do país havia sido recomenda pelos membros do bloco da divisa comum no mês passado, depois de uma avaliação positiva da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu.

"Adotar o euro não é uma corrida, mas uma decisão política responsável. A Croácia cumpriu com sucesso todos os critérios econômicos exigidos e pagará em euros a partir de 1 de janeiro de 2023", afirmou o ministro das Finanças da República Tcheca, Zbynek Stanjura, que exerce a presidência rotativa do Conselho. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.