Cruzeiro do Sul faz oferta primária e secundária

O Banco Cruzeiro do Sul informou nesta sexta-feira que seu Conselho de Administração aprovou a realização de uma oferta primária e secundária de ações, operação estimada em cerca de 400 milhões de reais.

REUTERS

11 de dezembro de 2009 | 19h22

A operação, que envolve apenas ações preferenciais, inclui a venda de 13,6 milhões de ações na oferta primária, enquanto a secundária englobará quase 16 milhões de ações. O coordenador-líder da oferta será o Merrill Lynch, em parceria com o BTG Capital.

Das 2,94 milhões de ações atualmente em poder da tesouraria do banco, 1,58 milhão de papéis serão cancelados. O total de 1,36 milhão de ações restante será vendido no âmbito da oferta. O comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não diz quem serão os acionistas vendedores na oferta secundária.

De acordo com o informe, a liquidação da oferta pode ocorrer por meio da entrega de units, compostas por três ações da oferta secundária e dois recibos de subscrição que darão direito ao recebimento de uma ação cada um.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Alexandre Caverni)

(aluisio.pereira@thomsonreuters.com; 5511 5644-7712; Reuters Messaging: aluisio.pereira.reuters.com@thomsonreuters.net)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSCRUZEIROOFERTAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.