Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

CSN fará investimento de R$ 1,5 bilhão em Polo Metal-Metalúrgico, diz governo de SP

O polo engloba as regiões de Campinas, Ribeirão Preto, região metropolitana de São Paulo, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba e Vale do Paraíba

Beth Moreira, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2019 | 15h18

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) fará investimentos de R$ 1,5 bilhão para integrar o Polo Metal-Metalúrgico de Máquinas e Equipamentos em São Paulo, informou nesta quinta-feira, 6, o governo do Estado. A estimativa é de que o aporte gere 400 novos empregos diretos e mil indiretos.

Sem dar detalhes, o governo estadual diz em nota que o estudo do local mais adequado para o investimento da CSN será feito pela Invest SP.

Conforme o governo, o polo engloba  as regiões de Campinas, Ribeirão Preto, região metropolitana de São Paulo, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba e Vale do Paraíba.

"É um investimento substantivo, que atende a perspectiva do Polo Metal-Metalúrgico. É a primeira conquista já desse programa dos polos", destaca na nota o governador João Doria.

Também em nota, o presidente da CSN, Benjamim Steinbruch, informou que para perpetuar a indústria é vital a integração aos polos setoriais. "Os polos têm a convergência, não só dos grandes clientes, como daqueles que fazem parte da cadeia. Quanto mais próximo tiver, melhor", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
CSN [Companhia Siderúrgica Nacional]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.