CSN tem lucro recorde de R$ 2,9 bi em 2007

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) registrou lucro líquido consolidado recorde de R$ 2,922 bilhões em 2007, o que representa um crescimento de 150% sobre o resultado de 2006. O lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 4,870 bilhões no ano passado e foi 54% maior do que o contabilizado no exercício de 2006. A margem Ebitda ficou em 43%.A receita líquida da CSN aumentou 26,5% e atingiu o recorde de R$ 11,44 bilhões em 2007. O lucro bruto cresceu 56,2%, para R$ 4,766 bilhões. O resultado operacional mostrou expansão de 127,3%, para R$ 3,792 bilhões.A CSN, que concentra suas atividades em siderurgia, mineração e infra-estrutura, tem capacidade de produção anual de 5,6 milhões de toneladas e cerca de 16 mil empregados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.