CTIA: demanda por fertilizantes deve subir até 7% no ano

O presidente da Câmara Temática de Insumos Agropecuários (CTIA), Cristiano Walter Simon, disse hoje que a demanda por fertilizantes deve crescer entre 5% e 7% este ano. Até maio, a procura por estes produtos cresceu 20%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Já os preços desses produtos aumentaram entre 80% e 120%, no período. Segundo Simon, as compras de defensivos agrícolas também devem crescer de 5% a 7%. Ele lembrou que as compras de insumos têm sido antecipadas pelos produtores, se comparadas com o mesmo período em 2007.Segundo ele, para os dois itens, houve uma corrida às compras porque havia temor quanto ao desabastecimento do mercado interno e quanto a uma nova rodada de correção de preços. "Não faltará insumos para o plantio da safra nacional. Há equilíbrio entre oferta e demanda", afirmou Simon, que participou nesta tarde, de reunião da CTIA, no Ministério da Agricultura.Simon acredita o "Convênio 100-ICMS" do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que trata da redução tributária dos insumos essenciais para a produção de alimentos, deve ser renovado. O convênio atual vai até 31 de julho, mas no começo do mês que vem o Confaz se reunirá para prorrogar o acordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.