Cuidado com fundos vinculados às contas

Antes de seguir os conselhos de um gerente de banco para investir em um fundo vinculado à conta corrente, é bom analisar se os custos da aplicação, como impostos e taxas de administração, são superados por uma boa margem de rentabilidade. O Faq Versátil, por exemplo, é o tipo de fundo oferecido pelo Bradesco que rende menos, inferior até mesmo à caderneta de poupança. Em agosto, enquanto a poupança rendeu 0,70%, o fundo rendeu 0,38%. A taxa de administração é de 8% ao ano sobre o patrimônio aplicado, o que equivale a 0,66% fixo ao mês - para o banco. Já os ganhos do cliente variam a cada mês, dependendo da taxa de juros. Sobre esse ganho ainda devem ser descontados 20% de Imposto de renda. A maioria dos fundos vinculados à conta corrente cobram a CPMF. O analista de mercado Fábio Nogueira recomenda investimentos em fundos vinculados à poupança. "Eles são mais interessantes porque não sofrem a incidência da CPMF, que é um grande redutor de rentabilidade", diz. Outra opção atraente são os fundos DI, cujo comportamento é parecido com o da poupança mas com ganhos maiores. As taxas de administração destes fundos é de apenas 2%. Curto prazo Fundos com liquidez diária, ou seja, que possibilitam ao cliente resgatar recursos todos os dias, são investimento de curto prazo. Neste caso, há vantagem para aqueles que preferem o resgate imediato, mas geralmente os fundos de curto prazo apresentam maiores possibilidades de baixa rentabilidade e até de retornos negativos. Os especialistas recomendam que para conseguir grandes resultados financeiros, o dinheiro deve ficar aplicado por um longo tempo - como, por exemplo, 5 anos. O correntista também deve estar atento para que os saldos deixados em conta corrente não sejam transferidos para aplicações financeiras sem sua autorização. Esse tipo de procedimento por parte do banco infringe a resolução 2411 do Banco Central (BC), que veda a transferência automática de recursos de depósitos à vista para qualquer modalidade de investimento sem a prévia e expressa autorização do correntista. Possíveis reclamações dessas ocorrências devem ser encaminhadas às agências regionais do BC. Veja, no link abaixo, matéria sobre a influência das taxas bancárias no rendimento dos fundos de investimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.