Cuidados ao alugar imóvel no litoral

Antes de alugar um imóvel para temporada é importante que o turista tome cuidados básicos para garantir os dias de sosssego. O diretor de Legislação do Inquilino do Sindicato da Habitação (Secovi-SP), Jaques Bushatsky, lembra aos pretendentes a inquilino que a locação é um investimento, às vezes alto, e uma decepção pode estragar uma parte das férias que não será possível recuperar. O principal cuidado a ser tomado é na hora da escolha da unidade. "O locatário deve visitar o imóvel antes de assinar o contrato. As pessoas fazem a locação por telefone, deixam parte do aluguel pago e quando chegam na praia encontram um imóvel que não era desejado", diz.Para evitar esse problema, a Seaport Imóveis, tem como norma só efetivar a locação se os interessados visitarem o imóvel. O locatário também precisa deixar um cheque caução, que é devolvido poucos dias depois da entrega das chaves, para cobrir possíveis danos ao imóvel ou aos bens existentes nele.A imobiliária trabalha no litoral norte, principalmente, com casas de alto padrão em praias a partir da Juréia até Guaecá, cujas diárias chegam a R$ 3 mil. Bushatsky recomenda que locador e locatário façam, juntos, visitas ao imóvel antes e depois da entrega das chaves e relacionem todos bens existentes e seu estado de conservação.Seaport Imóveis - (12) 463-2228.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.