Cursinhos fazem promoção para intensivão

Os cursinhos pré-vestibulares estão com as matrículas abertas para os seus cursos intensivos. As aulas, segundo as escolas, são bem mais difíceis, já que nessa época falta pouco tempo para os exames das principais faculdades do País e o conteúdo é bem mais condensado. Quem tem intenção de assistir a essas aulas e correr ainda pode encontrar algumas promoções, que chegam a até 50% do valor das prestações.As aulas do Anglo Vestibulares começam no dia 15 de outubro e terminam no dia 21 de dezembro. As matrículas já estão abertas. Nos períodos da manhã e da tarde o pagamento é feito em quatro vezes de R$ 625. O período noturno é mais barato: cinco vezes de R$ 375.Quem fizer a matrícula até amanhã ganha desconto. Para manhã e tarde, o pagamento é feito em quatro vezes de R$ 235 ou três vezes de R$ 300 e para a noite pagam-se quatro parcelas de R$ 135 ou três de R$ 175. Tanto na promoção quanto no valor normal, a primeira parcela é paga no ato da matrícula.No cursinho intensivo do Objetivo existem duas turmas: na turma um, as aulas começaram no dia 17, mas ainda há a possibilidade de inscrever-se no curso. Até o dia 25, o pagamento no período diurno pode ser feito em quatro prestações de R$ 190; no vespertino são quatro de R$ 160; e, no noturno, quatro de R$ 120. Após essa data, quem se matricular nas aulas vai pagar parcelas de R$ 380, R$ 320 e R$ 240, repectivamente.Na turma dois, as aulas começam no dia 16 de outubro. O pagamento é feito em três parcelas com os mesmos valores e a mesma promoção da turma um. As aulas, em ambos os casos, vão até o dia 28 de dezembro. O interessado deve pagar a primeira parcela na matrícula.As aulas do intensivo do Universitário começam no dia 24 desse mês. São cobradas quatro parcelas iguais de R$ 142, sendo a primeira no ato da matrícula. O curso termina no dia 31 de dezembro. O material está incluso nas mensalidades e há aulas especiais com revisão para os vestibulares mais importantes : Fuvest, Unesp e Unicamp.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2001 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.