Curtas

QUASE PRONTOSete presidentes assinam ata do Banco do SulO Banco do Sul parece que vai sair do papel. Os presidentes do Brasil, da Argentina, da Venezuela, do Equador, da Bolívia, do Paraguai e do Uruguai vão assinar no domingo, em Buenos Aires, a ata de fundação da instituição, cujo objetivo é financiar projetos públicos e privados de integração e desenvolvimento. O banco terá capital inicial de US$ 7 bilhões, mas falta definir o aporte de cada país. Após a assinatura da ata, os ministros da Economia dos países membros terão 60 dias para definir esse aporte. A representação nos órgãos executivos e consultivos será igualitária. A sede será em Caracas.NOVAS OFERTAS Credit Suisse prevê mais IPOs em 2008 O segmento de IPOs (ofertas públicas iniciais de ações, na sigla em inglês) deverá se reaquecer a partir de janeiro, quando os grandes operadores globais tiverem reavaliado seus cenários de investimento. A avaliação é do diretor do Credit Suisse, Adriano Borges, que ontem participou do seminário "Preparando-se para o IPO", promovido pela TOTVS em São Paulo. Segundo ele, as expectativas seguem positivas para as ofertas em 2008.PRESENÇA FEMININAGol tem sua primeira comandante mulher As mulheres estão conquistando cada vez mais espaço na cabine de comando dos aviões. Esta semana, a Gol promoveu sua primeira co-pilota a comandante. Elisa Rossi, 34 anos. Outras 14 co-pilotas no grupo Varig/Gol estão na fila da promoção para comandante. Pilota desde os 18 anos - "matava aula do cursinho para fazer curso de piloto escondido" - Elisa já está acostumada com o machismo dos passageiros. "Levo na brincadeira, uns vibram, outros não gostam." A Vasp foi a primeira empresa a ter uma mulher comandante no País. Mas onde elas "dominam" hoje é na TAM: já são dez comandantes de batom.FEBRE IMOBILIÁRIA7,9%é o crescimento da construção civil esperado para este ano pelo Sinduscon. Para o ano que vem, a expectativa é ainda mais otimista: expansão de 10,2%R$ 123 biserá o PIB do setor no fechamento deste ano, segundo a FGV Projetos.Nesse bolo, estão construção residencial e comercial, além de obras de infra-estrutura "O mundo sinaliza para o Brasil um espaço continental na área alimentare energética??Roberto Rodrigues,ex-ministro da Agricultura SEM INTERVENÇÃO BC diz ?não, não, não? a teto para tarifas "Nós não tabelamos, não fixamos, não vamos fazer isso." Sérgio Odilon dos Anjos, chefe-adjunto de Normas do Banco Central, negou ontem três vezes que as novas regras para tarifas bancárias a serem definidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) incluirão teto para valores. Para ele, a padronização dos nomes dos serviços, que deve ser exigida pelo CMN, permitirá comparar preços e reduzirá valores por livre concorrência. Ele participou de debate sobre serviços bancários, promovido pela Pro Teste, Procon-SP e Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Consumidor de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.