Custo da construção civil em SP sobe 4,48% em maio

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil paulista teve aumento de 4,48% em maio, em comparação a abril. Este custo é o índice oficial calculado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil (SindusCon-SP), que reflete a variação mensal dos custos do setor, para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil. No ano, o CUB registra alta de 8,91%, e no acumulado de doze meses, a variação é de 16,66%. O aumento em maio foi puxado pelo acordo coletivo dos trabalhadores da capital no dissídio, o que elevou o custo médio das construtoras com a mão-de-obra em 7,08%. Os custos dos materiais de construção, por sua vez, sofreram aumento médio de 1,64%. A média ponderada entre essas variações resultou no CUB de 4,48%. No mês passado, o CUB padrão da construção civil paulista foi de R$ 774,38 por metro quadrado. Dos 70 insumos da construção, cujos preços são pesquisados mensalmente pelo SindusCon-SP, 56 tiveram em maio variação superior à do IGP-M, que foi de -0,26%. Entre os maiores aumentos de preços no mês, destacaram-se os seguintes: tubo de ferro (+9,17%), tubo de PVC (+7,76%), cerâmica esmaltada (6,10%), aço CA 50 (+4,88%), vidro liso transparente (+3,84%), cimento CPE-32 (+1,42%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.