coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Custo da Construção Civil teve variação de 0,42% em abril

O Índice Nacional da Construção Civil registrou variação de 0,42% em abril, ficando em R$ 361,17 o custo do metro quadrado nacional, segundo divulgou hoje o IBGE. Em março, o índice foi de 0,87%. Na comparação com abril de 2001 (0,39%), o resultado foi superior em 0,03 ponto percentual. No ano, o acumulado atingiu 2,34% e nos últimos 12 meses, 9,07%. Na composição do custo total por metro quadrado, R$ 203,99 foram relativos aos gastos com materiais e R$ 157,18 com mão-de-obra. Apenas a região Nordeste, com 1,10%, registrou índice superior ao índice nacional (0,42%). Todas as demais regiões ficaram abaixo: Norte (0,40%); Centro-Oeste (0,36%); Sudeste (0,16%) e Sul (0,10%). No anoO Índice fechou o primeiro quadrimestre do ano com alta acumulada de 2,34%. Os materiais de construção subiram 2,48% e a mão-de-obra, 2,16% no período. Com as variações, os custos de construção chegaram a R$ 361,17 por m², sendo R$ 203,99 relativos a materiais e R$ 157,18 com mão-de-obra.O desempenho do primeiro quadrimestre de 2002 foi superior ao de igual período do ano passado, quando o custo geral de construção acumulava alta de 2,21%, ou 0,13 ponto percentual menor. EstadosEntre os Estados, o Ceará registrou alta de 4% no índice geral de custos em abril, devido ao dissídio coletivo. Em Sergipe, o aumento foi de 1,34%, seguido do Maranhão, com 1,24%; e Rio Grande do Norte (1,05%). Os Estados com os menores reajustes foram o Paraná (0,09%) e Alagoas (0,04%).Tanto no ano como nos últimos 12 meses, os fluminenses lideram as variações acumuladas, com 5,61% e 13,41%, respectivamente. O indicador reflete também o dissídio coletivo do Estado, que elevou os custos gerais em 4,89% em março.O Índice Nacional da Construção Civil é calculado pelo IBGE com base no Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), a partir de parceria com a Caixa Econômica Federal.

Agencia Estado,

07 de maio de 2002 | 11h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.