Custo da construção tem o menor resultado desde setembro

O Índice Nacional da Construção Civil (INCC) de março teve alta de 0,20%, o que representou o menor resultado desde setembro de 2005, quando a variação havia ficado em 0,14%. O dado, divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra ainda que com relação a fevereiro, quando o indicador ficou em 0,31%, houve queda de 0,11 ponto porcentual. No mesmo período do ano passado, a variação havia ficado em 0,47%.O custo do metro quadrado passou de R$ 547,14, apurados em fevereiro, para R$ 548,22. Segundo o instituto, R$ 320,85 são relativos aos materiais e R$ 227,37 a mão-de-obra. Os materiais ficaram mais caros no período. Isso porque, em fevereiro, a alta estava em 0,25%, e passou para 0,31% em março. A alta acumulada no ano chega a 1,12% e, em 12 meses, a 5,23%. A mão-de-obra, por sua vez, ficou praticamente estável e acabou por influenciar no resultado final do índice. A oscilação foi de 0,04%, com recuo em relação a taxa do mês anterior, quando houve alta de 0,38%. No ano, o indicador subiu 0,68% e, nos últimos 12 meses, 7,15%. O acumulado do INCC em 2006 está em 0,94% e, nos últimos 12 meses, em 6,02%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.