Custo da mão-de-obra nos EUA sobe 2,2% no trimestre

O custo da mão-de-obra nos EUA aumentou 2,2% no primeiro trimestre do ano, informou hoje o Departamento de Trabalho americano. Em relação ao mesmo período do ano passado, o aumento foi de apenas 0,2%, o menor avanço desde 2004, o que pode dar algum alívio nas preocupações com inflação no país.A compensação real, ajustada pela inflação, aumentou apenas 0,1%. As horas trabalhadas caíram 1,8%, o maior declínio em cinco anos, enquanto a compensação por hora subiu 4,4%.ProdutividadeA produtividade nos EUA aumentou 2,2% no primeiro trimestre, segundo o Departamento de Trabalho, após alta revisada de 1,8% no quarto trimestre do ano passado. Em relação ao primeiro trimestre de 2007, a produtividade cresceu 3,2%, o maior aumento desde o segundo trimestre de 2004.O departamento informou ainda que a produtividade no setor manufatureiro aumentou 4,1% no primeiro trimestre, enquanto a produtividade empresarial cresceu 1,9%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.