Custo da mão de obra sobe 0,4% no trimestre nos EUA

O custo da mão de obra nos Estados Unidos cresceu 0,4% no quarto trimestre, segundo informou hoje o Departamento do Trabalho. Analistas previam um aumento maior, de 0,5%. Os salários subiram 0,4% no período e os custos dos benefícios também aumentaram 0,4% em relação ao trimestre anterior. Na comparação com o quarto trimestre de 2009, os custos de mão de obra subiram 2%, um dos menores ganhos anuais desde que a série histórica começou, em 1982. Os custos dos benefícios continuaram a subir mais rapidamente que os custos dos salários, crescendo 2,9% em base anual.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

28 de janeiro de 2011 | 11h56

O único ano em que os custos do salários subiram em um ritmo menor foi o de 2009, quando houve alta de 1,4%. Na época, o desemprego elevado causado pela recessão deixou os trabalhadores com pouco poder de barganha. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.