Custo de vida cai em São Paulo, chegando a 0,12%

O Índice de Custo de Vida (ICV) no município de São Paulo recuou para 0,12% em fevereiro, puxado, principalmente, pela diminuição de preços nos grupos de Vestuário, Equipamento Doméstico e Alimentação. É isso o que aponta pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), detalhando que o ICV em janeiro deste ano atingiu 0,72%. A taxa do segundo mês do ano também é inferior à variação registrada em igual período do ano passado, quando o custo de vida ficou em 0,32%.O grupo de Vestuário - também um dos responsáveis pela diminuição da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês passado - teve deflação de 1,10% no período. Segundo a pesquisa divulgada na última semana, essa queda foi puxada pelas promoções comuns do início do ano. O setor de Equipamento Doméstico, por sua vez, apresentou recuo de 0,38%, enquanto o de Alimentação caiu 0,25%. Já os grupos setores de Transporte e Saúde apresentaram tendência de alta, ficando 0,95% e 0,25% mais caros, respectivamente. Este texto foi alterado às 15h47 com complemento de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.