finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Custo de vida da classe média em SP subiu 0,51% em janeiro

O Custo de Vida da Classe Média paulistana (ICVM), calculado pela Ordem dos Economistas de São Paulo, registrou em janeiro uma elevação média de 0,51%. Esta taxa mostra uma ligeira desaceleração de 0,15 ponto porcentual na comparação com a variação de 0,66% em dezembro. Com a taxa apurada no mês passado, o ICVM passou a acumular em 12 meses alta de 6,17%.Como já mostraram outros indicadores de inflação em janeiro, a maior pressão sobre o ICVM também veio do grupo Educação, que mostrou um avanço médio de 5,91%. Segundo os técnicos da Ordem dos Economistas, a alta decorreu, principalmente, do aumento de 6,67% nos preços das mensalidades escolares.Os gastos com artigos do grupo Despesas Pessoais aumentaram, em média, 0,59% no mês passado. Os serviços pessoais subiram 1,18%, puxados por lavanderia (1,92%) e cabeleireiro (1,40%). Acrescenta-se a estas altas o reajuste de 5,42% das mensalidades dos clubes. Os gastos da classe média paulistana com transportes subiram, em média, 0,48%. O grupo Saúde mostrou alta de 0,46%; Habitação, de 0,38% e Alimentação, 0,12%. O grupo Vestuário mostrou deflação de 0,27%.

Agencia Estado,

09 de fevereiro de 2005 | 18h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.