Custo de vida em SP sobe 0,57% em outubro

O Índice do Custo de Vida (ICV) no município de São Paulo apresentou alta de 0,57% em outubro. A informação foi divulgada hoje por meio de nota à imprensa pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Apesar da elevação, a taxa ficou 0,15 ponto porcentual abaixo da apurada em setembro, que chegou a 0,72%. No ano, o ICV acumula uma taxa de 3,94%, enquanto nos últimos 12 meses a taxa atinge 5,37%. O Dieese lembrou que, em outubro de 2004, taxa acumulada de 12 situava-se em 6,84%; nos meses seguintes subiu até atingir o ponto mais alto em abril (8,50%). "A partir deste mês, as variações anuais apresentaram um comportamento declinante até agosto (4,89%), voltando a crescer em setembro (5,34%) e outubro (5,37%)", compararam os técnicos na nota. Tomando por base o comportamento dos preços em outubro, os gastos com Transportes (2,25%) contribuíram com 0,37 ponto porcentual da taxa e as despesas com Alimentação (0,77%), com impacto de 0,20 ponto porcentual. "Estes foram os fatores para a alta ocorrida em outubro", explicaram os técnicos do Dieese no documento. Eles salientaram que os demais grupos pouco variaram e suas contribuições neutralizaram uma a outra. O grupo Despesas Pessoais subiu 0,45%, enquanto o de Equipamentos Domésticos caiu 0,97%, por exemplo.

Agencia Estado,

07 Novembro 2005 | 13h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.