Custo médio da construção sobe 0,24% em março

O custo médio do metro quadrado de construção (CUB) no Brasil subiu 0,24% em março, acumulando alta de 0,76% no ano e de 4,65% nos últimos 12 meses. O dado, divulgado nesta quarta-feira pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), mostram que, em reais, o indicador médio foi de R$ 839,55. A entidade destacou que, em março, a maior alta de preços foi no Rio de Janeiro, onde o CUB ficou 4,30% mais caro, e no Ceará, com alta de 2,89%. Por outro lado, alguns Estados apresentaram quedas, como Mato Grosso, com deflação de 4,23%; Sergipe, com retração de 0,58%; e Santa Catarina, com queda de 0,39%. Mão de obra Na média brasileira, o custo de mão-de-obra aumentou 0,59%, chegando a R$ 428,39 por metro quadrado. Por regiões, as altas mais significativas neste item foram observadas no Rio de Janeiro, com 7,83%; no Ceará, com 6,87% - ambas em função da data-base de reajuste de salários no mês de referência - e no Espírito Santo, com 0,17%. O Mato Grosso do Sul teve a deflação mais expressiva, de 1,09%. Ocorreram, ainda, quedas em Santa Catarina (-0,34%), Rio Grande do Sul (-0,30%) e São Paulo (-0,14%). Nos demais Estados, o custo da mão-de-obra manteve-se praticamente estável. Materiais Já o custo de materiais na média do Brasil caiu 0,11%, correspondendo a R$ 411,14 por metro quadrado. Foram destaque as quedas ocorridas no Mato Grosso, de 6,30%; Sergipe, de 1,04%; Distrito Federal, de 0,48%; Santa Catarina, de 0,45%; e Ceará, de 0,42%.

Agencia Estado,

26 Abril 2006 | 12h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.