CUT comemora 1º de Maio com slogan governista

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), entidade sindical historicamente ligada ao PT, usará, pela primeira vez na sua história, nas comemorações Dia Mundial do Trabalhador, nesta quinta-feira, um slogan claramente governista: "Agora é participar!". A central pretende reunir pelo menos 200 mil pessoas em 26 atos públicos, a maior parte deles com grandes shows musicais em diversas cidades do Estado de São Paulo.O PSTU e grupos radicais de esquerda que integram a CUT e o PT realizarão um ato público na Praça da Sé, no centro da capital, com palavras de ordem contra a proposta de reforma da Previdência encaminhada hoje ao Congresso pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.A direção da CUT-SP informou, por intermédio da assessoria de imprensa, que "embora os manifestantes devam portar bandeiras" da central sindical, esta mobilização "não faz parte do ato oficial" da CUT. Em quase todas as manifestações, a central vai incentivar os participantes a levarem alimentos, "que serão doados para igrejas, comunidades carentes e entidades beneficentes", informou a assessoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.