CUT discute com setor de autopeças reajuste salarial

Metalúrgicos filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT) se reúnem hoje, às 15 horas, para discutir salários com a bancada patronal do setor de autopeças. O encontro vai ocorrer na Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT, em São Bernardo do Campo. A rodada de negociações começou no último dia 13.

MICHELLY CHAVES TEIXEIRA, Agencia Estado

20 de julho de 2010 | 12h32

As principais propostas dos metalúrgicos da CUT são o aumento real nos salários, a reposição integral da inflação, a valorização nos pisos salariais, a jornada de 40 horas semanais sem redução nos salários e a licença maternidade de 180 dias.

Neste ano, a campanha salarial envolve essencialmente o debate sobre as cláusulas econômicas. Os metalúrgicos da CUT esperam que as negociações sejam concluídas até a segunda semana de agosto. A data base da categoria é dia 1º de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
carrosautopeçassaláriosreajusteCUT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.