CVC consegue licença para ter companhia aérea

A maior operadora de turismo do País, a CVC, obteve na virada do ano autorização jurídica para operar uma companhia aérea de vôos fretados (charters). Presidente e dono da CVC, Guilherme Paulus conta que o plano de vôo da nova empresa, que se chama FG Linhas Aéreas em homenagem aos filhos Fábio e Gustavo, ainda está em fase inicial. O investimento não foi revelado. O empresário garante que a decolagem da FG Linhas Aéreas vai depender das condições do mercado. Paulus também condiciona o funcionamento da companhia à continuidade do acordo de compartilhamento de assentos entre a Varig e a TAM. Ele acredita que vai haver falta de aeronaves no mercado caso essa parceria acabe, já que as duas empresas terão de deslocar aviões para suas próprias rotas. "O Brasil e o mundo viveram um momento complicado na aviação, mas hoje esse cenário não é mais o mesmo. Todo o mercado é sazonal, depende de muita transpiração e inspiração. Ninguém obtém sucesso por acaso", considera Paulus, que tem 1% das ações da FG e a holding CVC os 99% restantes. O plano da LG Linhas Aéreas, cujo nome fantasia é Samba, é usar seis Fokker 100 da TAM em vôos com até 3 horas de duração. Os destinos prováveis serão Rio, Porto Seguro, Salvador, Vitória e até Buenos Aires. A freqüência dos vôos fretados ainda não foi definida. Paulus terá ainda pela frente uma audiência no Departamento de Aviação Civil (DAC) e diz que terá prazo em torno de 12 meses para a LG entrar em funcionamento. O empresário terá de entregar ao DAC documentos e planos da nova companhia. A CVC tem parcerias de fretamento com a TAM, Varig e Gol e apurou média de 110 vôos fretados semanais por semana, no ano passado. Este ano, a média já subiu para 150 vôos semanais. A operadora transportou 1,2 milhão de passageiros em 2004, ante 790 mil do ano anterior. A empresa tem uma rede de 110 lojas no País e trabalha com cerca de 7 mil agências de viagens. De janeiro a novembro de 2004, o mercado brasileiro de vôos fretados realizou 289.966 desembarques, um crescimento de 98% em relação aos 146.479 do mesmo período de 2003, segundo dados da Embratur.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.