CVM absolve irmã de Daniel Dantas, do Grupo Opportunity

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) absolveu nesta terça-feira Verônica Dantas, irmã do banqueiro Daniel Dantas, do grupo Opportunity. A autarquia apurava o uso de informação privilegiada em dezembro de 1999, na administração da Techold, uma das empresas que controlam a Brasil Telecom. A executiva fazia parte da administração da Techold. Já o então diretor financeiro da companhia, Arthur Joaquim de Carvalho, foi condenado a pagar uma multa de R$ 150 mil. Os outros indiciados no processo foram absolvidos por unanimidade.A Techold comprou ações da Tele Centro Sul - operadora que deu origem à Brasil Telecom - dias antes de a companhia publicar um fato relevante anunciando a incorporação do ágio pago na época da privatização.Durante o julgamento, o presidente da CVM, Marcelo Trindade, destacou que o executivo negociou os papéis já sabendo de informações que só seriam divulgadas ao mercado dias depois. Isto porque a incorporação do ágio havia sido decidida durante uma reunião do conselho de administração no dia 8 de dezembro de 1999 e apenas ratificada em outra reunião no dia 15.Entretanto, a compra de ações foi realizada entre os dias 13 e 14 de dezembro. "O senhor Arthur de Carvalho negociou com informações que não eram públicas", afirmou. Já o advogado do executivo, Francisco Müssinch, alegou em sua defesa que a companhia havia publicado um fato relevante em 3 de dezembro falando sobre a possibilidade de seguir o restante do mercado e também optar por incorporar o ágio.Em seu voto, o diretor da CVM e relator do processo, Wladimir Castelo Branco, observou que o fato relevante do dia 3 não oferece a certeza necessária ao mercado de que a operação seria realizada e, principalmente, não informa a data e em que condições ela seria feita.Além disso, o colegiado também não aceitou o argumento da defesa de que o mercado financeiro já esperava a operação, que já vinha sendo feita por outras operadoras, como a Telesp.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.