CVM arquiva apuração sobre descoberta de petróleo

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou hoje o encerramento das investigações sobre possibilidades de uso de informação privilegiada no caso da descoberta de um poço de petróleo em Sergipe.Segundo o superintendente de relações com o mercado da CVM, Roberto Tadeu Fernandes, que ocupa interinamente a superintendência geral da autarquia, não foram encontrados indícios de uso de informação privilegiada no caso.A decisão de abrir a investigação ocorreu logo após analistas de mercado detectarem movimentação acima do normal das ações da Petrobras um dia antes da divulgação da descoberta pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), no dia 11 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.