CVM: auditoria para sistema Home Broker

A deliberação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), de n.º 365, publicada no Diário Oficial da União no dia 1.º de novembro, diz que a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tem a obrigação de contratar auditoria de sistemas para atestar a transparência, confiabilidade e divulgação correta das listagens de prioridade para a execução das ofertas de compra e de venda de valores mobiliários dos clientes das sociedades corretoras vinculadas ao sistema de negociação das ações via Internet, denominado Home Broker.A medida foi tomada depois de uma denúncia feita por um investidor que declarou ter sido prejudicado ao atuar no mercado de opções de compra e venda de ações por meio de Home Broker. Ele não pode exercer a opção escolhida porque havia informações desencontradas na listagem fornecida pela Bovespa e pela corretora.De acordo com informações da assessoria de Imprensa da Bovespa, o processo de auditoria nas corretoras não pode ser feito no curto prazo. Isso porque são mais de 50 corretoras conveniadas com a Bovespa, que trabalham com o sistema de negociação pela Internet. E o primeiro passo será escolher a empresa que vai fazer auditoria nos sistemas dessas empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.