CVM cria superintendência para agilizar processos

A Comissão de Valores Mobiliários(CVM) anunciou nesta quarta-feira a criação de umasuperintendência específica para acompanhar o julgamento deprocessos administrativos. Em parceria com a Procuradoria Federal, a recém-criadaSuperintendência de Processos Sancionadores terá uma equipe de25 profissionais, entre investigadores e procuradores. Oobjetivo é agilizar o andamento de processos envolvendodenúncias de insider trading, práticas abusivas decontroladores de empresas abertas contra acionistasminoritários e a má administração de carteiras por parte degestores de fundos. Atualmente, os processos levam em média dois anos até ojulgamento. "A meta é reduzir esse prazo para dar uma respostatempestiva à sociedade e diminuir a sensação de impunidade",disse Fábio Eduardo Galvão Ferreira Costa, que vai comandar anova superintendência. (Reportagem de Aluísio Alves)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.